Cursos online grátis: pesquise bastante antes de escolher

Em meio à concorrência no mercado de trabalho nesse tempo de recessão econômica no país, o que sobra para muitos profissionais é buscar se qualificar e correr atrás de boas alternativas para se destacar nas poucas vagas que aparecem. Quando é de sua área, então, se torna ainda mais desafiador, pois é necessário ir além dos concorrentes e conquistar os gestores, abordando suas principais qualidades e valores.

Felizmente, quando se trata de capacitação, existem opções interessantes e que estão cada vez mais populares: os cursos online. A possibilidade de aprender por meio do ensino a distância, em variados ambientes e com carga horária à escolha são fatores que deixam muita gente animada para se atualizar e conseguir um certificado para várias metas.

Nesse ponto, porém, é necessário saber optar pelo melhor e mais competente. Com diversas instituições investindo nessa modalidade, é preciso fazer uma boa análise para escolher aquela certeira, que garantirá ótimas vantagens e fará a diferença em seu currículo. Estamos falando isso porque, geralmente, muita gente pensa que qualquer curso online é bem-vindo para sua formação, o que é mito. Assim como acontece com os presenciais, você precisa se atentar a muitos detalhes para não cair em ciladas, principalmente aquelas dos cursos online grátis.

Sim, essa versão não é indicada para sua capacitação e, neste artigo, vamos explicar o porquê. Estudar por meio de cursos profissionalizantes ruins, seja na sala de aula ou remotamente, pode ser ruim para sua carreira e te fazer perder muito tempo. Continue acompanhando o texto para saber mais e fugir dessa opção de vez.

A cilada dos cursos online grátis

Imagine que, hoje, você decide fazer um curso de inglês para conhecer a língua ou se atualizar no idioma, visando uma vaga em uma multinacional. Caso queira frequentar uma escola próxima de sua casa, fará uma pesquisa das instituições e levará em consideração vários fatores, como metodologia, distância, reputação e, claro, preço. Nessa busca, você pode se deparar com opções diferentes e ficar indeciso, mas, em geral, escolhe aquela que tem uma boa média de todos esses quesitos.

Já se quiser estudar por meio de cursos online, procurará no Google a respeito e irá se deparar com diversas escolas. Nessa hora, você pode perceber que alguns anúncios referem-se a cursos online grátis e, na possibilidade de não pagar pelo curso e na ansiedade, logo acaba se matriculando. Mal sabe você que está caindo em uma armadilha.

Sim, justamente porque, definitivamente, o barato (no caso, grátis) sairá caro. Usar cursos online grátis – e até oferecer essa opção – é um chamariz comum de muitas empresas, mas que só depois você percebe que não fez um bom negócio, pois terá que desembolsar valores absurdos pelo certificado.

Pois é, a tática de muitos locais é cobrar preços absurdos por esse documento ao final do curso e, pior que isso, não informar e deixar claro aos interessados. Logo, você perde o tempo estudando e, quando precisa do certificado para comprovar toda sua dedicação, empenho e aprendizado, dá de cara com aquele preço que muitas vezes não pode pagar no momento, afinal, é difícil ter dinheiro disponível nesses tempos de crise.

Infelizmente, isso acontece bastante, e você pode ver em muitos fóruns, grupos nas redes sociais e até no Reclame Aqui que várias pessoas caem nessa cilada. Nesse contexto, mais do que o problema de cobrar valores astronômicos pelo certificado dos cursos, está na falta de transparência da empresa, que se vale do anúncio dos cursos online grátis apenas para chamar alunos e, pior que isso, deixa nas entrelinhas e de modo pouco íntegro que apenas o ensino é livre, mas a documentação final é paga.

Ah, mas eu preciso mesmo desse certificado? Bom, para qualquer curso, graduação e método similar que que você fizer, o certificado documenta e prova que você realizou toda a modalidade na carga horária descrita, bem como passou pela avaliação final e domina tal assunto. Teoricamente, assimilou todo o conteúdo e já pode colocar o aprendizado em prática.

Caso você seja chamado para uma entrevista de emprego e o gestor pergunte qual seu nível de inglês, você pode até dizer que entende a língua, mas se não há nada que prove aonde conseguiu esse conhecimento, vai ficar meio feio para você, não acha? Querendo ou não, muitas empresas consideram a instituição de estudo, o tempo necessário para realizar cursos a distância e presenciais, entre outros fatores.

O estresse, nesse caso, é saber que você realizou cursos online grátis (mais de um, geralmente), só que não tem como arcar com os custos de tantos certificados, o que leva aquele sentimento de perda de tempo e enganação.

E a qualidade, também tem relação?

O mito dos cursos EAD grátis, mas com certificados pagos, é a primeira das situações que acontecem com muitos alunos e gera diversas reclamações. Mas não é apenas essa condição que é necessário analisar. Nossa outra dica é que você se atente à qualidade dos cursos profissionalizantes que realizará.

Mais do que nunca, sobretudo no quesito educacional, qualidade é algo que conta muito e o que você precisa sempre levar como parte essencial para seus planos. Não adianta se dedicar a padrões ultrapassados e ruins que não agregarão em nada, isso é enganar a si mesmo. Se há a possibilidade de estudar por meio de cursos online ou qualquer outra metodologia, porque não escolher as melhores opções, com bons materiais, conteúdos, suporte e tudo que é pertinente para um estudo eficiente? Trata-se de sua formação e ela precisa ser valorizada sempre.

Logo, não faz sentido realizar quarenta cursos grátis se a qualidade é baixa e deixa a desejar. É preciso sempre ter um foco e saber fazer boas escolhas. Sendo assim, se uma instituição te influencia de forma errada, se matriculando apenas para pagar pelo máximo de certificados possível, é bom já ficar com o pé atrás e deixá-la de lado.

Nesse caso, a falta de transparência e a forma desenfreada em tratar os alunos apenas como números, leva a crer que a metodologia e o conteúdo dos cursos a distância de uma empresa assim são tão ruins quanto sua abordagem. Já ouviu falar no ditado de que, ‘’quando a esmola é demais, o santo desconfia’’? Pois é, nunca se encaixou tão bem no contexto dos cursos online grátis.

cursos online grátis

Uma instituição tem gastos e contas a pagar

Outro argumento básico que garante a pouca credibilidade dos cursos online grátis é quanto ao simples fato de que toda empresa tem contas a pagar e nada mais natural do que precisar arcar com esses custos por meio dos recebimentos.

Uma instituição que começa a ministrar aulas a distância precisa, além de seguir as recomendações da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, investir em uma série de recursos, começando por um servidor potente e robusto para transmitir as informações para diversos alunos em todos os cantos do país. A manutenção e garantia da funcionalidade desse sistema são essenciais para que ele fique sempre no ar e à disposição para que as pessoas possam acessá-lo.

Além disso, há o corpo docente responsável pelos cursos EAD que são desenvolvidos. Como parte informativa e que ajuda na capacitação dos alunos, é necessário que o conteúdo e a metodologia sejam excelentes, com a máxima qualidade e informações atualizadas, eficientes e válidas. É inadmissível para qualquer lugar passar dados falsos e com pouco embasamento, ainda mais quando se trata de cursos profissionalizantes.

E não para por aí. Falando em custos, ainda há funcionários de todas as áreas – do marketing à administração – além das contas convencionais, como energia elétrica, conexão de internet, água, entre muitas outras. Independente do ramo, tudo demanda um investimento que precisa ser coberto. Se você oferece certo serviço, precisa receber por ele.

Então, qual o sentido em oferecer cursos online grátis a troco de nada? É impossível não ficar desconfiado. De alguma forma, a empresa precisa de dinheiro para cumprir seus gastos básicos. O problema é se valer de estratégias baixas de divulgação e péssima qualidade para induzir as pessoas a se matricularem e só depois começarem a cobrar mensalidades, valores absurdos por certificados, entre outras enganações que não ficam claras no primeiro momento.

Pense que, quando se trata de cursos grátis, sejam online ou presenciais, é preciso ter saber sua base. Existe aquele caso em que algumas instituições fazem parcerias com empresas e até com a administração pública (prefeituras, por exemplo) para ministrar cursos profissionalizantes. Quando isso ocorre, geralmente são esses órgãos que cobrem os gastos da instituição.

Mas, quando isso não acontece, fica difícil acreditar em outro método que a escola tem para ganhar dinheiro a não ser pelo aluno. Por isso, é fundamental questionar cada detalhe antes de começar a fazer cursos a distância, para que tudo seja explanado claramente. Seja um preço barato, médio ou elevado, é seu direito saber o quando deve investir e desembolsar para estudar com qualidade e eficiência.

Analise todos os detalhes antes de fazer cursos online

Se você está interessado em começar a fazer cursos EAD – afinal, essa modalidade é uma das que mais cresce no Brasil -, precisa sempre analisar alguns detalhes essenciais antes de realizar sua matrícula. Para não cair em golpes e na cilada dos cursos online grátis, preparamos um guia com os principais aspectos a analisar para te ajudar nessa missão.

Pesquise de maneira otimizada

Fazer uma pesquisa correta é a primeira forma de saber qual a melhor instituição para estudar cursos EAD. No Google e demais buscadores, você vai ver muitas opções, sobretudo aquelas que são patrocinadas (as primeiras que aparecem, sempre com a tag ‘’anúncio’’). O ideal é acessar as alternativas que aparecem depois, até a segunda página do motor de pesquisa. A partir daí, é ideal checar cada detalhe dos portais, com ênfase na reputação e satisfação dos alunos. Para isso, conte com a ajuda de auxiliares, como fóruns nas redes sociais e o Reclame Aqui.

Além disso, vale a pena conferir se há depoimentos no próprio site ou na página da instituição nas principais plataformas, como o Facebook, por exemplo. Não abra mão de fazer uma grande busca, é nessa hora que você saberá qual vale mais a pena contar e se matricular.

Fique de olho no portal da instituição

É essencial olhar cada detalhe presente no portal da instituição de interesse, focando na transparência e na clareza de informações que são divulgadas. Tudo deve ser abordado de modo direto para que as pessoas saibam se podem fazer um ótimo negócio.

Verifique a variedade de cursos online e quais as áreas disponíveis, como funciona o processo de certificação, os valores (opte por aqueles que não trabalham com mensalidades) e vantagens gerais, além da carga horária disponível para seu estudo. Analise também se há inscrição em nossa Associação, ABED, e como funciona todo o processo educacional passo a passo.

Confira a metodologia e qualidade do ensino

É importante que todos os cursos online disponíveis tenham suas metodologias e plano de estudo listados corretamente. Assim, você sabe realmente o que será abordado em cada proposta. A partir daí, dá para ter uma boa ideia de quais são os melhores cursos EAD para fazer e quais se encaixam em seus objetivos: capacitação, horas complementares, atualização, entre outros.

Um bom atendimento faz toda a diferença

Todo mundo quer ser tratado com atenção e simpatia sempre. Prestar um bom atendimento parte de valores essenciais para qualquer empresa, tanto com os novos quanto com os velhos clientes. Portanto, se você perceber enrolação, descaso e desinteresse por parte do portal, é melhor deixa-lo de lado. Imagine como será caso você tenha um problema ou precise de suporte?

Não deixe nenhuma dúvida de lado

Não tema em perguntar e tirar todas suas dúvidas, independente do assunto. Para todo serviço adquirido, é fundamental saber como funciona. Lembre-se que trata-se da sua qualificação e não dá para confiar em qualquer coisa, muito menos se auto sabotar e deixar de compreender todos os passos necessários para estudar com excelência.

Assim, você alcança seus objetivos e se torna um ótimo profissional. Contar com opções qualitativas e que agreguem é primordial tanto para otimizar o tempo quanto para dar aquele upgrade necessário no conhecimento. Então, fique de olho e, quando ver cursos online grátis por aí, siga nossas dicas e investigue com muita cautela.

Esperamos que tenha gostado do artigo. Comente e compartilhe com os amigos. Até a próxima.

Facebook Comments